terça-feira, 27 de outubro de 2009

Licença Maternidade



A vereadora Nara conclama as grandes empresas privadas do Município de Panambi para que façam parte em 2010 do Programa Empresa Cidadã. Fazendo parte do programa, as empresas poderão oportunizar às suas funcionárias a licença maternidade ampliada de quatro para seis meses. As empresas pagam os dois meses a mais da licença, mas terão esses valores deduzidos do Imposto de Renda.O Programa Empresa Cidadã é um programa criado pelo Governo Lula através da Lei 11.770 em setembro de 2008 e tem por objetivo melhorar a qualidade de vida das mães e das crianças nos seus primeiros meses de vida. Dados da Sociedade Brasileira de Pediatria apontam que a amamentação regular, por seis meses, reduz 17 vezes as chances de a criança contrair pneumonia, 5,4 vezes a possibilidade de anemia e 2,5 vezes a ameaça de crises de diarréia.A licença maternidade de 6 meses já é realidade para todas as servidoras públicas federais, muitos estados e municípios já criaram leis de ampliação da licença-maternidade. Já para as empresas privadas o programa passa a funcionar a partir de 2010. Como se trata de renúncia fiscal, o governo federal precisa prever esta renúncia nos cofres públicos federais.Portanto, haverá incentivo do governo federal para que esta ação venha a acontecer. Precisamos que os nossos empresários e empresárias conheçam o programa e possam contribuir para que esta ação social de grande valia para as mães e filhos possa ser realidade.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

VEREADORA PRESTIGIA CONCLUSÃO DE CURSO
















INFORMES DO MANDATO A vereadora Nara esteve participando da conclusão das atividades do Brasil Alfabetizado no dia 18 de agosto de 2009 no Centro Comunitário do Bairro Pavão. Na oportunidade a vereadora parabenizou aos alunos pela persistência e pela garra e terem concluído essa etapa importante.Também salientou aos formandos a importância de que continuem os estudos. E existem oportunidades para isso. A vereadora, que foi convidada pela turma para a entrega de certificados, sentiu-se orgulhosa em estar presente pois foi na sua gestão na educação é que o Programa Brasil alfabetizado foi trazido para Panambi."o Brasil alfabetizado é uma das oportunidades que os cidadãos e cidadãs tem de voltar aos bancos escolares e traçarem novas perspectivas às suas vidas", destaca a vereadora.A vereadora e professora Nara participou do amigo secreto e as demais atividades organizadas pela educadora Cenira naquela noite.





quarta-feira, 12 de agosto de 2009

TRÊS ANOS DE MARIA DA PENHA

TRÊS ANOS DE LEI MARIA DA PENHA

A Lei Maria da Penha – que criou mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher – completou três anos no dia 7 de agosto. Com esta lei, que modificou o Código Penal, aumentou em 32% o número de atendimentos registrados no primeiro semestre de 2009, em mais de 400 delegacias, na comparação com os dados referentes a igual período de 2008. De janeiro a junho deste ano, foram registrados 161.774 atendimentos.

O aumento do número de atendimentos, segundo a ministra Nilcéia Freire, decorre da divulgação da lei e da conscientização da mulher sobre os seus direitos. A Lei nº 11.340, que prevê o atendimento e a proteção às mulheres, estabelece pena de um a três anos de prisão para os agressores, que pode ser em flagrante. A lei também assegura prisão preventiva quando a vítima está sob ameaça, além da possibilidade de busca e apreensão do suspeito, entre outras medidas protetivas.

A criação desta lei foi e é um grande passo porque conseguiu agravar o crime de violência contra as mulheres e hoje as mulheres tem mais coragem de denunciar. Temos muito a comemorar, mas há muitos avanços a serem implementados.

Segundo a vereadora Nara "é importante então estarmos mobilizados em torno da Lei Maria da Penha para que está lei possa ainda ser mais forte e sólida. Não podemos deixar que outras leis que venham a ser criadas, como por exemplo a reforma do Código Penal, tornem a Lei Maria da Penha sem aplicabilidade e esvaziada. Fiquemos alertas e mobilizados".

terça-feira, 4 de agosto de 2009

PARA VEREADORA, PANAMBI NÃO POSSUI POLÍTICA PÚBLICA PARA O ATENDIMENTO DAS DEMANDAS DOS NOSSOS BAIRROS

Vereadora Nara diz que a administração municipal não possui política pública para o atendimento aos bairros no que se refere a infra-estrutura : manutenção das ruas, planejamento para as obras, lazer e cultura.
E ano após ano a situação se repete. Temos como exemplo o Plano Plurianual em que os cidadãos não foram consultados. Ora, o PPA é a lei municipal que vai nortear todos os investimentos da administração pública para os próximos 4 anos. O poder Executivo envia o projeto a Câmara de Vereadores sem ter perguntado e ouvido a população sobre os seus anseios. Hoje não pode-se conceber uma administração pública sem a participação popular.
E há várias formas de ouvir a população : Audiências públicas, reuniões , pela internet, através de urnas de sugestões. Enfim só não houve o povo quem não quer. O governo federal tem feito esta ação frequentemente , através de conferências, audiências públicas e os ministérios presentes nas nas diversas regiões do Brasil conversando e interagindo com o povo brasileiro.
É preciso montar uma força-tarefa para que os serviços públicos no setor de obras cheguem de fato em nossos bairros. Tomemos como exemplo o Loteamento João Armindo Stalhoefer. Quais as ações da Secretaria de Obras lá naquela região? Região de pessoas trabalhadoras que precisam o fácil acesso às suas residências. E por aí vai...Temos o Bairro Alto Paraíso...Quais o pedidos atendidos das lideranças daquela comunidade que foram atendidos? Poderíamos fazer aqui uma lista das demandas dos moradores de nossos bairros.
E para concluir a vereadora Nara destaca “a importância de que as lideranças dos nossos bairros possam ser ouvidas com seriedade pelas autoridades constituídas. O nosso povo sabe muito. O povo quando reivindica algo, não está brincando. Ele está exercendo o seu direito de cidadão e devem ser respeitado como tal.”

sábado, 27 de junho de 2009

INFORMES DO MANDATO

A vereadora Nara esteve nesta sexta-feira, 26/06/09, em Santa Maria em reunião no IFF ( Instituto Federal Farorupilha). O assunto do encontro foi a conclusão dos trabalhos para montar o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do IFF. É deste instituto que a Escola Técnica Federal de Panambi faz parte, junto com outras seis unidades : Santa Rosa, Santo Augusto, São Vicente do Sul, São Borja, Júlio de Castilhos e Alegrete. No encontro estiveram presentes todas as unidades educacionais. Esteve presente o Professor Eliezér Pacheco, Secretário Nacional da Educação Tecnológica e Profissional. O professor Eliezér palestrou sobre os objetivos das unidades de ensino profisionalizante nas regiões, resgatou o processo histórico da educação profissional destacando muito a importância da formação e valorização dos professores como princípio básico para a qualidade do educação.Foi feito um relato da situação de todas as unidades que fazem parte do IFF. O relato da escola de Panambi foi feito pelo Diretor Adriano Saquet, que disse que o processo de andamento da instalação está se dando conforme o cronograma estipulado. A UFRGS, que assessourou o IFF na construção de todo o Plano de Desenvolvimento Institucional, fez um relato de como ocorreram as plenárias bem como o resultado final.A atividade, segundo a vereadora Nara, foi muito importante pois agora o IFF ( Instituto Federal Farroupilha) tem uma identidade. E com certeza toda região de abrangência do Instituto passa a solidificar o projeto de Nação do governo Lula. Um projeto que prioriza a educação, pois nunca se investiu tanto nesta área na história desse país como agora .

Nara Viviane Graeff
Mandato a serviço do povo
naragraeff@bol.com.br
www.vereadoranara.blogspot.com.br

quinta-feira, 18 de junho de 2009

INFORMES DO MANDATOA IMPORTÂNCIA E O ABANDONO DO CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL JOÃO DE BARRO (CAPS)
*Nara Viviane Graeff
Nosso município é privilegiado e possui um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Nós temos aqui em Panambi algo que muitos municípios gostariam de ter e não tem.
As vezes falamos da importância de ter a Escola Técnica Federal. Falamos da importância de termos a Universidade Aberta do Brasil. É claro que são importantes para a comunidade . Mas nós temos também o CAPS.
Nós precisamos valorizar o CAPS JOÃO DE BARRO de Panambi. É preciso prioridades . O município em primeiro lugar precisa criar e pensar sempre mais nas políticas de inclusão. Não pode-se pensar somente na inclusão no contexto escolar. Mas a inclusão como um todo. A inclusão no transporte urbano, a inclusão das pessoas com necessidades especiais no trabalho, a criação de oportunidades de profissionalização.
É claro que é preciso pensar na população como um todo. Mas pensar nas minorias também é uma obrigação e não pode deixar de fazer parte da agenda dos governantes.
E por isso, no momento em que está sendo organizado o Plano Plurianual da Prefeitura Municipal de Panambi – 2010-2013 , é preciso pensar nas ações que deverão fazer parte deste plano no que se refere aos investimentos no CAPS JOÃO DE BARRO . Aquele espaço, que já possui ótimos profissionais, precisa investimentos urgentes para que a equipe que lá está atuando possa continuar realizando um trabalho de boa qualidade. Os usuários do CAPS precisam estar em um ambiente prazeiroso, bem ventilado, bem iluminado e por que não dizer, ...bonito? Estar em um lugar assim não é luxo. Faz parte do tratamento do paciente. É necessidade. É dignidade.
Vereadora – Líder de Bancada do Partido dos Trabalhadores
NARA VIVIANE GRAEFFMANDATO A SERVIÇO DO POVOwww.vereadoranara.blogspot.com naragraeff@bol.com.br

terça-feira, 26 de maio de 2009

INFORMES DO MANDATO

A vereadora Nara divulgou com entusiasmo na Sessão Plenária do dia 25 de maio a realização em Panambi da Jornada contra a Violência Sexual da Criança e Adolescente no dia 15 de junho. Panambi será uma das 10 cidades gaúchas que vão sediar as plenárias estaduais. A Jornada é promovida pela Assembléia Legislativa, Ministério Público Estadual e Fundação Maurício Sirotzki Sobrinho. E em Panambi será organizada pela Câmara Municipal de Vereadores com apoio de diversas entidades. Será um grande evento que realizaremos aqui em Panambi sobre tema tão importante que é sobre violência contra a criança e adolescente especificamente a PEDOFILIA NA INTERNET e sobre o CRACK. Estes dois problemas, se não forrem prevenidos em tempo, poderão trazer grandes problemas para a vida das crianças e adolescentes e suas famílias. A vereadora entende que chega em boa hora esta discussão em Panambi, pois são problemas que estão se evidenciando. A questão do crack, por exemplo é seríssima e é urgente que as autoridades tomem consciência desse problema e tomEM atitudes de prevenção e sensibilização das comunidades.A realização da Jornada Estadual é proposição da vereadora que buscou junto a Assembléia Legislativa esta oportunidade de realizarmos aqui em Panambi este evento tão importante.
NARA VIVIANE GRAEFF
MANDATO A SERVIÇO DO POVO

quinta-feira, 21 de maio de 2009

COMISSÃO PARA ACOMPANHAR AS QUESTÕES RELACIONADAS A SAÚDE PÚBLICA DE PANAMBI
A vereadora Nara propôs na Sessão Plenária do dia 11 de amio de 2009 a criação de uma comissão para diagnosticar os problemas da saúde pública municipal. Segundo ela é urgente que o Poder Legislativo faça um estudo, fazendo visitas, conversando com usuários, com servidores para levantar as atuais problemáticas . Já de antemão temos conhecimento de vários problemas. Podemos citar a falta de remédios nos postos de saúde, falta de médicos em postos de saúde e a falta de materiais para realizar o Exame Preventivo. Com esta ação do Legislativo com certeza a comunidade terá grandes ganhos, pois os vereadores estarão agindo em seu prol da comunidade em geral.
INFORMES DO MANDATO :
"REDUTOR DE VELOCIDADE URGENTE NA BARÃO
A vereadora Nara protocolou e defendeu na reunião plenária do dia 18 de maio de 2009 proposição para que o Poder Executivo construa o mais urgente possível um redutor de velocidades(quebra-mola) na Rua Barão do Rio Branco próximo a Moto Barão. Este pedido é uma reivindicação antiga dos moradores daquela região. Devido as sinaleiras existentes na Rua Sete de Setembro os motoristas utilizam-s mais dessa via para trafegar. Segundo a vereadora "a instalação desse redutor dará mais segurança aos usuários daquela via urbana, já que o movimento é intenso e a rua é estreita."
*******************************************************
CORTAR OS AUXÍLIOS É FALTA DE RESPONSABILIDADE
A vereadora Nara lamenta a decisão do Poder Executivo de cancelar todas as concessões de medicamentos a população. Segssunto, "Segundo a vereadora, é direito do cidadão e dever do Estado proporcionar o acesso digno a saúde. A vereadora defendeu na Câmara Municipal de Vereadores, como relatora da Comissão de Educação,saúde, assistência social e meio ambiene, o projeto de lei do Executivo que concede os auxílios a compra de medicamentos. Á vereadora exarou parecer totalmente favorável após fazer um estudo aprofundado da importância dos auxílios às pessoas na área de medicamentos. "queremos ver esse projeto de lei que foi aprovado pela Câmara Municipal de Vereadores sendo cumprido para o bem da comunidade de Panambi" destaca a vereadora.
**************************************************************************
AUDIÊNCIA PÚLBICA SOBRE ESTIAGEM
A Vereadora Nara, juntamente com o vereador Chico, propuseram na reunião plenária do dia 11 de maio de 2009 que a Cãmara Municipal de Vereadores realize Audiência Pública sobre a Estiagem. É importante que os poderes municipais, estaduais e federais prestem contas a nossa população sobre quais recursos estão investindo no Município de Panambi nesse período tão difícil.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

INFORMES DO MANDATO:
Na quinta-feira a vereadora Nara e sua assessora Helóisa continuaram as visitas aos locais de atendimento que fazem parte do Sistema Único de Saúde. Estiveram nos postos de saúde do Bairro Zona Norte, Alvorada e Italiana. Nesses postos a vereadora conversou com os usuários e os servidores públicos que atuam nesses postos. Nessas três visitas,no geral, faltam medicamentos da farmácia básica. No posto de saúde da Zona Norte não há médicos todos os dias.
Durante a sexta-feira a vereadora Nara e mais lideranças do Partido dos Trabalhadores conversaram com o novo Gerente da Caixa Econômica Federal sobre os programas do governo federal na área da habitação. Sabe-se que são inúmeras as oportunidades para a aquisição da casa própria através da Caixa. Segundo o Gerente da Caixa Sr. Danilo, é preciso que as pessoas se organizem e busquem as oportunidades. A reunião foi muito importante para as lideranças petistas. Estiveram presentes na reunião NARA VIVIANE GRAEFF, NATANAEL MUCKE, CLAÚDIO MOTTA E PAULO SÉRGIO RODRIGUES.
NARA VIVIANE GRAEFFMANDATO A SERVIÇO DO POVO

quinta-feira, 30 de abril de 2009

MÉDICOS JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Estivemos fazendo visitas para alguns postos de saúde durante a manhã do dia 30 de abril de 2009. Estivemos nos postos de saúde do Bairro São Jorge, Arco Íris e Esperança. O principal problema deste postos é a falta de médicos. Os postos do Bairro São Jorge e Esperança são casos sérios. Está em risco de o Posto da Esperança perder os recursos do governo federal por não apresentar produtividade. Faltam remédios nestes postos. As pessoas precisam ir "perambular' por vários lugares para ocnseguirem os remédios. Preventivos não são feitos em nenhum posto. Enquanto o Brasil caminha para que todos tenham acesso a saúde, o nosso município caminha na contramão. E o direito ao acesso a saúde são retirados dos panambienses. No posto da São Jorge já existe todo o material para a instalação de um consultório dentário. Mas tudo está abandonado. Que adminsitração é essa que deixa a população a merçê desse abandono? Que fala que prioridade é saúde e na verdade a população está nas mãos da desorganização e do "vai de qualquer jeito"? Pude conversar com profissionais maravilhosos nestes postos, que nos atenderam muito bem. A eles o nosso abraço e admiração. Mas vamos deixar de blá blá blá.... e mostrem de uma vez a que vieram. MÉDICOS NOS POSTOS JÁ!!!!!!!!!!

terça-feira, 21 de abril de 2009

INFORMES DO MANDATO:- A vereadora Nara trouxe a notícia de Porto Alegre de que Panambi realizará, através da Câmara Municipal de Vereadores a Jornada contra a Violência sexual de Crianças e Adolescentes. Lá em Porto alegre a vereadora conversou com o assessor da presidência da Fundação Maurício Sirotski Sobrinho e teve a confirmação. Por um pedido de seu mandato a Presidência da Câmara de Vereadores de Panambi escreveu uma carta solicitando que a Jornada fosse realizada em Panambi. Segundo a vereadora, "a realização da jornada aqui em Panambi será um momento muito importante para que possamos trazer a tona um assunto que muitas vezes não é discutido,que é a violência sexual contra crianças e adolescentes." A Jornada é realização da Assembléia Legislativa, Ministério Público, Fundação Maurício Sirotski Sobrinho e a organização nos municípios por diversas entidades ligadas a criança e o adolescente.
**********************************************************************************
- A vereadora estará propondo nesta segunda-feira,dia 20 de abril, na Sessão Plenária da Câmara Municipal de Vereadores que o Município de Panambi firme termo de adesão ao projeto do governo federal :MINHA CASA MINHA VIDA. Nosso município não poderá ficar fora desse grande projeto do governo federal que é a construção de 1 milhão de casas. Nosso município tem déficit habitacional e nós devemos aproveitar esta grande oportunidade que o governo Lula está oferecendo a população que é o acesso a CASA PRÓPRIA.

sábado, 18 de abril de 2009

VEREADORA NARA SE ENTRISTECE COM REAJUSTE


Caros amigos municipários,- Em primeiro lugar é vergonhoso uma administração que se elegeu em cima do slogan SEM EMPREGUISMO, estar administrando desta forma o município. É a valorização estrondosa de alguns cargos enquanto a maioria fica a mercê de qualquer tipo de valorização.
- Com o reajuste enviado a Câmara Municipal de Vereadores o menor salário da prefeitura (449,00 - agora convenhamos um trabalhador ganhar menos que o mínimo) terá um reajuste de R$ 28,00 ou seja, da prá comprar 5 kg de carne (da promoção) por mês . Estes 5 kg divide por 30 dias, são 160 gramas por dia. Divide por mais ou menos 4 pessoas na família (umas tem mais) são 40 gramas de carne por pessoa por dia.- Essas são as pespectivas de melhoria de qualidade vida dos nossos trabalhadores. É um quadro lastimável que está sendo pintado para os nossos municipários. Pessoas essas que vão mover o serviço público, vão fazer a roda girar, que vão fazer as coisas acontecer.- E o refeitório que ainda não vimos nada. Projeto de lei que autoriza esse gasto já foi aprovado. E agora? Agora falta a ação. - E o projeto de lei que amplia a licença maternidade que foi vetado integralmente pelo Executivo?O que o Executivo tem contra a licença maternidade ampliada para 6 meses? Diz o executivo que é porque não há orçamento previsto. Mas e para estes cargos criados há orçamento previsto? E se o legislativo não pode propor essa lei porque o executivo não o faz?- Em 16 de março de 2009 fiz uma proposição em que solicitava ao Executivo que concedesse aos municipários um reajuste de 13,94%. Porque esse índice? Porque esse é o aumento da folha de pagamento previsto de 2008 para 2009. Então há previsão e há recursos- e para não me delongar coloco meu mandato a disposição de todos para estar contribuindo com aquilo que sei para ajudar nas negociações e também nas plenárias o que eu puder estar discutindo, denunciando, propondo, farei com muito gosto.
ABRAÇOS A TODOS NARA VIVIANE GRAEFFVEREADORA DO PT

domingo, 12 de abril de 2009

ENCCEJA

A vereadora propõe na Sessão Plenária do dia 13 de abril de 2009 que o Municpio de Panambi tome todas as providências para que aqui em nossa cidade sejam realizadas as provas do ENCCEJA (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos). Sabemos que um grande número de pessoas tem interesse em realizar estas provas tanto do Ensino fundamental como do Ensino Médio. E se as provas forem realizadas aqui em Panambi oportuniza que muitos cidadãos e cidadãs tenham acesso a realização destas provas.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

MAIS CONFERÊNCIA

VEREADORA PROPÕE A REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
A vereadora Nara propôs na Sessão Plenária do dia 06 de abril que o Poder Executivo através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura organize a Conferência Municipal de Educação . Segundo a vereadora, a conferência municipal antecede a conferência estadual e nacional . E é somente o município realizando esta primeira fase de discussões que será possível que possamos ter voz ativa nas etapas estadual e logo após a nacional. E é muito importante que estejamos inseridos dentro dessas discussões pois são a partir das conferências é que se tomam decisões e são traçados os rumos da educação municipal, estadual e nacional.
O tema a ser trabalhado este ano nas conferências é "Construindo o Sistema Nacional Articulado de Educação : o Plano Nacional de Educação, diretrizes e estratégias de ação".
Até junho de 2009, ocorrem as conferências preparatórias municipais ou intermunicipais, e até novembro, as 26 conferências estaduais e a do Distrito Federal. A Conferência Nacional de Educação (Conae) será realizada em Brasília, em abril de 2010.
A questão é que aquilo que for discutido na Conferência Municipal do nosso município seja levado à Conferência Estadual, que acontecerá no segundo semestre de 2009 e depois na fase nacional. Para todas as discussões há um documento base para nortear as discussões em torno do tema das conferências.Assim como muitos municípios brasileiros estão discutindo educação nas conferências municipais, nós também possamos estar inseridos neste contexto de debates da educação brasileira.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

A vereadora propôs na Sessão Plenária do dia 06 de abril que o Poder Executivo realize a CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, que é a primeira fase das discussões sobre a educação que levará a CONAE (Conferência Nacional de Educação) que se realizará em abril de 2010. Os municípios poderão realizar as conferências municipais no primeiro semestre de 2009. Se nosso município realizar a Conferência Municipal poderemos ter assento e voz na conferência estadual e quem sabe na conferência nacional que se realizará em Brasília. Sabemos a importância dessas conferências, pois é quando o município discute os problemas da educação de seu município e aponta alternativas para o futuro.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

A vereadora entrou na Sessão Plenária com pedidos de informações sobre as falas do prefeito do Município nas emissoras de rádio. A vereadora quer saber quem pagou essas inserções e quanto custaram. Entende a vereadora ser inadmissível que o Poder público financie espaços de rádio para que um poder ofenda outro poder. Os recursos públicos, segundo ela, devem ser utilizados para melhorar a vida das pessoas da cidade e do interior. E seguindo o que diz a Lei Orgânica a mídia pode ser usada para informar e divulgar as ações do governo e não colocar a comunidade contra a Câmara Municipal de Vereadores. Ainda a vereadora exigiu e fez requerimento pedindo um posicionamento da Mesa Diretora da Casa. O poder Legislativo não pode ficar anestesiado frente as ofensas feitas pelo Executivo. O pedido de informações e o requerimento foramaprovados por unanimidade.
A vereadora Nara envia email a Secretaria Especial de Educação a Distância para obter informações sobre pós graduação que poderia estar feita gratuitamente por profissionai da educação de Panambi:
Oi,Sou vereadora do Municipio de Panambi/RS. E muitos professores estão me procurando pois dizem que eles foram selecionados a participarem de uma Pós-graducação, financiados pelo MEC em curso de especialização a distância em tecnologias na educação pela PUC/RJ.A questão é que o municpio não teria assinado o termo de compromisso para possibilitar a esses profissionais a realizar o curso.Vocês podem me informar sobre isso ?AbraçosNara Viviane GraeffVereadoraLider da Bancada do partido dos Trabalhadores

quinta-feira, 26 de março de 2009

A vereadora Nara foi entrevistada no dia 26 de março pelo repórter Cláudio Dias na Rádio Sulbrasileira. Na entrevista a vereadora falou especialmente sobre um dos seus anseios que é trazer para Panambi o Centro de Referência da Mulher. Este centro, que já existe em mais de uma centena de municípios do Brasil, poderá ser uma realidade em Panambi. Segundo a vereadora, "precisamos unir as forças para que possamos conseguir recursos junto a Secretaria Especial das Mulheres para a implantação do Centro". A vereadora Nara também comentou sobre seus pedidos de informações nas sessões plenárias : um deles se refere ao número de CCs e FGs que estão dentro do organograma da Prefeitura Municipal. Outro pedido de informações é sobre quais os encaminhamentos que estão sendo dados em relação a Emenda Parlamentar de autoria da Deputada Federal Maria do Rosário no valor de R$100.000,00 destinada a ampliação da EMEI Raio de Sol.

quarta-feira, 25 de março de 2009

Hoje tivemos o prazer de receber na Escola Estadual de Educação básica Poncho Verde o diretor da Escola técnica Federal - UNED Panambi, Sr. Adriano Saquet, que foi recebido pela Vereadora Nara e pela diretora da Escola, Professora Aurea. Na oportunidade o professor Adriano explicou os encaminhametos que estão sendo feitos na Escola Federal e quais os planejamentos para o futuro. Também foram colocados os cursos que serão oferecidos e quais as modalidades que são Ensino Médio concomitante e ensino técnico subsequente.

terça-feira, 24 de março de 2009

Pedido de informações: A vereadora Nara quer saber o número de CCs e Fgs da Prefeitura Municipal de Panambi atualmente. " Como representante do povo queremos saber como estão sendo gastos os recursos públicos em pessoal. Nosso pedido se refere ao número de CCs e FGs; quais os salários de cada um e quais os seus nomes. É importante que o povo saiba como está a adminsitração atual que propagandeou a UNIÃO SEM EMPREGUISMO.

Parabéns ao Grupo Escoteiro

Em um momento da Sessão Plenária do dia 24 de março de 2009 a vereadora Nara defendeu uma moção em que parabeniza o Grupo Escoteiro gustav Kuhlmann 70 pelo seu cinquentenário. lembrou da homenagem feita pelos atuais dirigentes aos 21 escoteiros que fizeram a sua promessa a 50 anos atrás. Foram homenageados também os chefes de grupos e os presidentes das Comissões Executivas destes 50 anos. Foram momentos muito bonitos em que a história é resgatada e valorizada. a moção foi aprovada por unanimidade e subscrita por diveresos vereadores.

sexta-feira, 20 de março de 2009

segunda-feira, 16 de março de 2009

A violência contra a mulher em Panambi e o que podemos fazer

Segundo dados da Brigada Militar no ano de 2008 ocorreram 68 casos registrados de violência doméstica em Panambi. Isso quer dizer que em 2008 , cinco a seis mulheres foram agredidas por mês, ou a cada 5 dias uma mulher foi agredida em Panambi. Fora os casos que não são registrados.
Em 2009, até o dia 13 de março já houveram 10 registros de violência doméstica. Essas notícias são péssimas e nos dão conta de que mesmo tendo sido criada a Lei 11.340/2006, a Lei Maria da Penha, a agressão contra a mulher é muito forte em nossa cidade.
Além desses números é preciso lembrar daquelas que sofrem caladas, por vergonha, pela dependência financeira, por medo, pelos filhos e ainda algumas tem esperança que tudo poderá mudar para melhor.
As mulheres que sofrem com a violência devem procurar ajuda e não ficar caladas. Hoje há leis que protegem as mulheres. A lei Maria da Penha por exemplo, é uma lei que foi criada em 2006 com o objetivo de punir os agressores e proteger as mulheres agredidas. É uma lei que, sendo usada corretamente pelas mulheres poderá reduzir em grande parte o índice de violência doméstica.
E ainda em muitas cidades existem serviços especializados no atendimento às mulheres em situação de violência : Os CENTROS DE REFERÊNCIA DA MULHER. Esses centros orientam as mulheres na área psicológica e jurídica, além de oferecer cursos profissionalizantes para as mulheres. Esses centros, quando instalados nas cidades podem ser de grande valia para todas as mulheres.
Por isso estou propondo na Sessão Plenária da Câmara de Vereadores do dia 16 de março a criação em Panambi de um Centro de Referência da Mulher. Esse centro com certeza vai melhorar a qualidade de vida de um grande número de mulheres em nosso Município.
Sabemos também que a Secretaria Especial das Mulheres, que é ligada ao Gabinete da Presidência da República possui recursos financeiros para investir na criação destes centros. Então no meu mandato, enquanto representante dos homens e mulheres deste município estará imbuído desta meta, que é lutar para que tenhamos o CENTRO DE REFERÊNCIA DA MULHER.


*Nara Viviane Graeff
Vereadora – Líder da bancada do PT

sexta-feira, 13 de março de 2009

SEMANA MUNICIPAL DA MULHER

Os objetivos da SEMANA MUNICIPAL DA MULHER foram alcançados com êxito. O projeto de autoria da vereadora NARA, criando a Semana Municipal da Mulher foi totalmente atingido. O objetivo da semana foi homenagear todas as mulheres de Panambi. Não houve destaques, mas todas foram destacadas, reconhecendo o valor e o papel da mulher nos dias atuais. Na segunda-feira a Sessão Plenária homenageou as mulheres com mensagens e flores. Na quarta-feira homens e mulheres assistiram a peça teatral : Seu Faustino e na sexta-feira a Juíza de Direito Dra. Michele Scherer Becker palestrou sobre os direitos da mulher, principalmente a lei Maria da Penha. Nesta noite houve momentos importantes de reflexãop sobre a violência contra a mulher em nosso município.

quinta-feira, 12 de março de 2009

A Participação da Mulher na Política

Grandes foram os avanços para que a mulher estivesse onde hoje está na política. Em um tempo não muito distante a mulher não podia votar nem ser votada no Brasil. Somente com muita luta é que as mulheres começaram a votar em 1932.
E a partir do final da década de 1980, a situação se modifica, em virtude do crescimento industrial, que contribuiu para um aumento significativo da participação feminina no mercado de trabalho, e, na crescente inserção das mesmas, nos cursos superiores
Mas com a promulgação da Constituição de 1988 as mulheres conquistaram direitos legais e obtiveram legitimidade para suas reivindicações. Nesse período foram criados os Conselhos Nacional, Estaduais e Municipais da Condição Feminina e as delegacias da mulher.
Em 1995 a criação da Lei das Cotas prevê que 30% das candidatas em eleições devem ser mulheres representa um ganho político se considerarmos a estrutura da sociedade e a relações patriarcais que ainda permanecem . Mesmo sendo uma lei que ainda não garante de fato a participação igualitária na política, ela tende a criar condições mais favoráveis a ampliação do número de mulheres nas direções de sindicatos, partidos, assembléias, câmaras etc. A Lei de Cotas trouxe a tona a disucssão da participação da mulher na política.
Em torno de toda a história que envolve a participação da mulher na política temos que reconhecer que houve muitos avanços., mas ainda precisamos avançar bastante. Nossas conquistas vieram avançando aos poucos. O direito ao voto na década de 30 do século passado, o ingresso no mercado de trabalho, a atuação imprescindível na vida política, o acesso aos documentos pessoais, a licença maternidade, o direito às escritura da terra na reforma agrária, o aumento da punição nos crimes de violência doméstica são todas conquista da luta incansável das mulheres brasileiras.. Mas precisamos avançar mais. São poucas as ministras de estado, as deputadas federais e estaduais, as senadoras, as prefeitas e as vereadoras.
Então, neste Dia Internacional da Mulher estamos parabenizando a todas as mulheres pelas suas histórias diárias de lutas, pela sua persistência na busca de seus objetivos por um mundo mais humano e igualitário. Parabéns a todas as mulheres que não esperam e fazem a hora acontecer.