domingo, 22 de janeiro de 2012


Vereadora Nara teve o privilégio de estar alguns minutos com Pedro Ortaça....um grande músico gaúcho de 56 anos de carreira.
22.01.2012
Hoje a tarde conversei com Pedro Ortaça....não foi numa ocasião muito boa...mas em todo o caso, tirei uma foto com ele....É que eles estavam sendo atendidos no Pronto Socorro devido a um acidente que ele e seu grupo sofreram no BR 285 quando voltavam de um show que fizeram em Tapejara e voltavam para casa....O acidente só teve danos materiais....e até tomamos um chimarrão com este artista de 56 anos de estrada.....



domingo, 15 de janeiro de 2012


Fiquei indignada com a forma como o Estado e o  Município de São Paulo  estão querendo resolver o problema da drogadição....que vergonha....ação ineficaz para chegar a um resultado positivo...Só podia ser
Alckmin e Kassab.

Sou estudante de direito da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP) e diretora do Centro Acadêmico XI de Agosto.



O motivo do meu contato é a nota de repúdio que estamos circulando pela internet que se trata da atuação dos governos municipal e estadual na cracolândia em São Paulo. Acreditamos que a política denominada de “dor e sofrimento”, além de violar uma série de direitos humanos, ainda se mostra ineficaz no que diz respeito à recuperação dos usuários de crack. Essa nota foi assinada por nós, por professores da casa, por especialistas na área de saúde e por diversas entidades da sociedade civil, além de ministros como Eros Grau. Seria muito interessante se o senhor pudesse divulgar esse documento em seu blog, pois acreditamos que sua linha política vá de encontro com a nossa crítica ao Estado, e seria ótimo para dar visibilidade à nota.


NOTA DE REPÚDIO À POLÍTICA DE “DOR E SOFRIMENTO” NA CRACOLÂNDIA



O Centro Acadêmico XI de Agosto, entidade representativa dos estudantes da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP), vem a público manifestar repúdio ao Plano de Ação Integrada Centro Legal, iniciado em 03 de janeiro de 2012 na Cracolândia, região central de São Paulo.



O plano é errado tanto na sua concepção, quanto no modo como é executado. Esse projeto envolve a ação da Polícia Militar na região, buscando inibir o tráfico de drogas e dispersar os seus usuários, que também seriam impedidos de se fixar em outros locais. A denominada “política de dor e sofrimento” visa provocar abstinência nos usuários de crack, a partir da qual, em visão equivocada, eles buscariam tratamento junto ao Poder Público.



Deve-se atentar, primeiramente, à fragilidade desse plano, pois parte do pressuposto que o sentimento de fissura do usuário em abstinência ocasionará seu interesse em buscar tratamento, ignorando os demais efeitos, como outros problemas de saúde ou reações violentas à abstinência. Ainda que essa política agressiva e desumana em andamento efetivamente gerasse busca por tratamento, a cidade de São Paulo não teria condições para atender os usuários, pois carece de estrutura adequada para tanto. E pouco se faz a esse respeito.



Diversos agentes do Poder Público também têm reiterado que a migração dos usuários a outras regiões será combatida, concluindo-se, então, que a operação será estendida para outros pontos da cidade. Transparece, dessa forma, a adoção de uma estratégia que somente expulsa os usuários de um lugar a outro, continuamente, em detrimento da oferta de alternativas reais de reabilitação que respeitassem verdadeiramente a dignidade dessas pessoas e visassem, de fato, recuperar sua saúde.



A execução do plano é reflexo dos problemas em sua concepção. As autoridades afirmam que o crack é uma questão de saúde pública. A prática, entretanto, prova o contrário. A ação policial ostensiva, planejada e detalhada, reprime o usuário e contrasta com a nebulosidade do plano de ação referente à recuperação da saúde dessas pessoas. O alvo da polícia, que seria o tráfico, acaba sendo o usuário. A eficácia no combate ao tráfico é mínima e o desrespeito aos usuários, enquanto seres humanos, enorme.



O Plano de Ação Integrada Centro Legal limita-se, portanto, à ação policial direcionada aos usuários e tem ensejado constantes violações aos seus direitos. É inadmissível, em um Estado Democrático de Direito, que agentes do Poder Público cometam repetida e sistematicamente atos de agressão física e moral contra os cidadãos, em claro abuso de autoridade e desrespeito aos direitos humanos. O combate ao tráfico de drogas não pode servir de pretexto para ignorar a necessidade de implementação de políticas públicas de saúde e assistência social para uma população marginalizada e doente.



A simples e violenta retirada dos usuários de crack do espaço público não resolve o problema de uma população já desamparada, que não tem outro lugar aonde ir e que sofrerá forte repressão policial para somente então, e em visão equivocada, perambular em busca de uma ajuda incerta.



Sendo assim, as entidades e pessoas abaixo assinadas declaram que:



Não admitem que os usuários de crack, parcela vulnerável e marginalizada da nossa sociedade, tenham como tratamento estatal a ação policial repressiva no lugar da implementação de políticas de saúde pública e de assistência social;



Não admitem que essa população seja expulsa dos espaços públicos que ocupa, sendo forçada a uma migração permanente, em que não há real perspectiva de melhora de vida;



Não admitem que uma operação estatal seja realizada em desrespeito aos direitos humanos, e que agentes estatais cometam sistematicamente atos de agressão física, moral e patrimonial contra a população, de modo indevido e impunemente.



sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

VEREADORA NARA ENTREGA DEMANDAS DE SETORES DA CIDADE DE PANAMBI À MINISTRA MARIA DO ROSÁRIO NO DIA 12 DE JANEIRO DE 2012

A vereadora Nara entregou à Maria do Rosário, Ministra dos Direitos Humanos diversas demandas encaminhadas ao mandato. A vereadora Nara, dentre outras demandas entregou pedidos da FRUTIPAN e CRUZ AZUL.
A vereadora Nara pediu a Ministra que encaminhasse as necessidades no Ministério, o qual a Ministra se comprometeu em encaminhar todas as correspondências o mais rápido possível.
A ministra fez um relato do trabalho realizado pelo Ministério e explicou sobre o seu esforço para atender plenamente os desejos da Presidenta Dilma que é de que o Brasil deve ser um exemplo de paz para o mundo.
Na palestra a ministra evidenciou o grande número de crianças que vivem em abrigos, que chega a 50 mil. Esse fato tem chamado a atenção do Ministério, o que tem levado a criação de campanhas de adoção em nível nacional.
Após a palestra a Ministra foi aplaudida em pé pelo grande número de panambienses que participou da atividade.









quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

VEREADORA NARA DIZ QUE NÃO É POSSÍVEL SERVIDORES PÚBLICOS RECEBEREM MENOS DE UM SALÁRIO MÍNIMO A PARTIR DE JANEIRO


A vereadora Nara enviou ofício ao Sr. Prefeito Municipal no dia 05 de janeiro de 2011 levantando a preocupação de um grande número de funcionários que recebem menos que o salário mínimo nacional que é de R$ 622,00 a partir de janeiro. Na correspondência a vereadora solicita que o Poder Executivo Municipal faça um Projeto de lei e envie à Câmara Municipal de Vereadores com o objetivo de equiparar os salários daqueles servidores que recebem menos que o salário mínimo nacional que é de R$ 622,00, já que o menor salário pago pela Prefeitura Municipal é de R$ 547,00.

Mesmo que a Câmara Municipal de Vereadores esteja em recesso, as atividades do mandato continuam em andamento. "Neste período temos recebido muitas manifestações da população, sobre diversos assuntos, como infra-estrututa, saúde, servidores públicos e orientações diversas," destaca a vereadora.

Sobre o pleito acima, a vereadora Nara, que tem como uma das suas defesas os servidores públicos municipais espera que o Poder Executivo Municipal corrija essa situação para que trabalhadores do serviçó público municipal possam recebem o salário mínimo nacional, que é R$ 622,00.


BJS

VEREADORA NARA COMEMORA REAJUSTE DOS VALORES DO FUNDEB E PISO NACIONAL DO MAGISTÉRIO

Nesta terça-feira, 03 de janeiro de 2012 - 12h29min, foi divulgado o valor mínimo a ser investido por aluno este ano pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) terá reajuste de 21,2% em relação a 2011. Passará, assim, de R$ 1.729,28 para R$ 2.096,68. O fundo deve investir, em 2012, R$ 114,3 bilhões na educação básica pública. Isso significa aumento de 19,12% em comparação com os R$ 95,9 bilhões de 2011.

O valor mínimo nacional é definido a cada ano em função da estimativa de arrecadação dos impostos e contribuições que formam o FUNDEB.

Os estados que não conseguem atingir esse valor com a própria arrecadação recebem complementação da União. Este ano, terão apoio financeiro do governo federal os estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí.

Formado por vários impostos e transferências constitucionais, o FUNDEB financia a educação básica pública. Pelo menos 60% dos recursos de cada estado, município e Distrito Federal devem ser usados no pagamento da remuneração de profissionais do magistério em efetivo exercício — professores, diretores e orientadores educacionais. O restante é destinado a despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino, como pagamento auxiliares administrativos, secretários e merendeiras, à formação continuada de professores, à aquisição de equipamentos, à construção de escolas e à manutenção de instalações.

O reajuste foi estabelecido pela Portaria Interministerial nº. 1.809/2011, publicada no Diário Oficial da União de 29 de dezembro de 2011,seção-1,página-20.

A definição da Lei do piso para 2012 do MEC, saiu ontem dia 3 de janeiro de 2012, com isso o Piso Salarial Nacional para os Profissionais da Educação Básica passa dos atuais R$ 1.187,00 para R$ 1.438,64.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Oi meus queridos leitores,
quero inovar no blog neste ano de 2012... E estou experimentando colocar vídeos.....Só não sei se é melhor gravar com câmara fotográfica  ou filmadora....Esse é um teste....huhu

é ruim hein!!!!!
Beijos



video





domingo, 1 de janeiro de 2012


Quero compartilhar com você a primeira foto que tirei em 2012

Linda!
 Maravilhosa!
Saudável!

Um ano de muita saúde para todos nós!!!!